quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: Anágua-de-vénus (Brugmansia arborea)

(A planta)

(Pormenor das flores)

Anágua-de-vénus é o nome comum dado a esta planta originária dos Andes (América do Sul) e que tem o nome científico de Brugmansia arborea (L.) Lagerh. É usada em Portugal como planta ornamental em jardins públicos e particulares. Pertence à: Divisão: Magnoliophyta; Classe:Magnoliopsida; Ordem: Solanales; Família: Solanaceae; Género: Brugmansia.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: Estrela-de-natal, Euphorbia pulquerrima,

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)


Planta vulgarmente designada por Estrela-de-natal e também por Poinsétia (nome científico: Euphorbia pulquerrima Willd. Ex Klotzsch). É originária da América Central e utilizada em Portugal, como planta ornamental, mesmo no interior das habitações. Pertence à: Divisão: Magnoliophyta; Classe: Magnoliopsida; Ordem: Malpighiales; Família: Euphorbiaceae; Género: Euphorbia.

domingo, 26 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: Bela-sombra (Phytolacca dioica)

(1)

(2)
(Para ampliar, clicar sobre as imagens)
Imagens (foto 1: pormenor de um ramo com uma inflorescência; foto 2: a planta) de uma árvore designada, vulgarmente, por Bela-sombra, Ombu, ou Umbu, com o nome científico de Phytolacca dioica L. e que é usada em Portugal como planta ornamental, embora não seja muito vulgar. É originária da América do Sul. Pertence à: Divisão: Magnoliophyta; Classe: Magnoliopsida; Ordem: Caryophyllales; Família: Phytolaccaceae; Género: Phytolacca.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: Pluméria rubra

(Pormenor das flores)

(A planta)
A Pluméria-rubra é uma das 7 ou 8 espécies do género Plumeria Tourn. ex L. e pertence à Divisão: Magnoliophyta; Classe: Magnoliopsida: Ordem: Gentianales; Família:Apocynaceae.
É originária das zonas tropicais e subtropicais das Américas, sendo utilizada como planta ornamental. Também é conhecida pela designação de "Frangipani".
As fotografias foram obtidas no Jardim da Alagoa, em Tavira.
(Para ampliar, clicar sobre as imagens)

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: "Martírios"( Euphorbia milii)

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)
Ramo (com espinhos, folhas e flores) de uma planta com o nome científico de Euphorbia milii Des Moulins, que, de acordo com a Wikipedia, é conhecida no Brasil pelos nomes de Martírios, Coroa-de-cristo, Dois Irmãos, Bem-Casados, Coroa-de-Espinhos, entre outros. Pertence à Divisão: Magnoliophyta; Classe: Magnoliopsida; Subclasse: Magnoliidae; Ordem: Malpighiales; Família: Euphorbiaceae; Género: Euphorbia.
É utilizada em Portugal como planta ornamental, especialmente, em jardins particulares, sendo que no Brasil, além servir como planta ornamental é também usada na formação de cercas vivas. A seiva desta planta (látex) é tóxica.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: O Buxo (Buxus sempervirens)

(1)

(2)


O Buxo (Buxus sempervirens L.) é uma planta ornamental originária da Europa e muito usada em Portugal para delimitar canteiros, em jardins, sendo também visto com frequência em cemitérios, uso que fica a dever-se, principalmente ao facto de manter as suas folhas sempre verdes e de suportar podas frequentes que visam dar-lhe uma forma mais regular e mais adaptada aos locais ajardinados, como se pode ver na foto 1. Na foto 2 temos um pormenor das folhas e das flores. O Buxo pertence naturalmente ao Reino:Plantae; Divisão: Magnoliophyta; Classe: Magnoliopsida; Ordem: Buxales;Família: Buxaceae; Género: Buxus.
(Para ampliar, clicar sobre as imagens)

domingo, 19 de outubro de 2008

Plantas alimentares: O espinafre (Spinacia oleracea)

(1)

(2)

Legenda:
Foto 1 - Canteiro com espinafres;
Foto 2 - Pormenor das folhas;
O Espinafre (Spinacia oleracea L.) é uma planta alimentar utilizada, principalmente, na confecção de sopas e de "esparregado" e em saladas. Pertence à Classe: Magnoliopsida; Ordem: Caryophyllales; Família: Amaranthaceae; Género: Spinacia.
(Para ampliar as imagens, clicar sobre elas)

Plantas aromáticas: O Alecrim

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)
O Alecrim [Rosmarinus officinalis L. (Sinónimo: Rosmarinus latifolius Mill.)] é uma planta muito aromática, usada em culinária, sobretudo na confecção de pratos de carnes assadas. É também utilizada em infusões recomendadas pela medicina popular. Desta planta são extraídos óleos usados em perfumaria. E finalmente, o alecrim é também utilizado como planta ornamental.
Pertence à Classe: Magnoliopsida; Ordem: Lamiales; Família: Lamiaceae; Género: Rosmarinus.

sábado, 18 de outubro de 2008

Ervas aromáticas: O coentro

(1)

(2)
(Para ampliar, clicar sobre as imagens)

Legenda:
Foto: 1 - Ramo de Coentro com folhas
Foto: 2 - Ramo de Coentro com flores;
O Coentro (Coriandrum sativum L.) é, sem sombra de dúvida, uma das ervas aromáticas mais utilizadas na cozinha em Portugal, em particular no Alentejo e Algarve.
Esta planta pertence à Classe: Magnoliopsida; Ordem: Apiales; Família: Apiaceae; Género: Coriandrum.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

O algodoeiro e o algodão

(1)

(2)

(3)

(4)

(5)

(6)

Legenda:
Foto 1 : Planta do Algodoeiro da espécie Gossypium herbaceum L. Esta planta pertence à Classe: Magnoliopsida; Ordem: Malvales; Família: Malvaceae; Género: Gossypium.
Foto 2 : Pormenor das folhas;
Foto 3 : A flor;
Foto 4 : O fruto;
Foto 5: Cápsula do fruto já aberta, mostrando o novelo de fibras envolvendo as sementes;
Foto 6: Novelo de fibras e cápsula vazia.
As espécies mais utilizadas para a produção de fibras de algodão, para fins têxteis, são as do
Gossypium arboreum L. (Algodoeiro-arbóreo); do Gossypium barbadense L. (Algodoeiro- egípcio, ou algodão-crioulo); do Gossypium herbaceum L. (Algodoeiro-asiático ou algodoeiro-do-levante); do Gossypium hirsutum L. (Algodoeiro-das-terras-altas ou Algodoeiro-americano) e a do Gossypium vitifolium Lam.
(As imagens poderão ser ampliadas, clicando sobre elas)

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Plantas suculentas: Agave-americana

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)

Esta planta é uma das variedades da espécie com a designação de Agave-americana (variedade com o nome científico de Agave americana var. marginata Trel. )também conhecida como Pita ou Piteira. Esta planta suculenta é originária do México, encontrando-se actualmente espalhada por vários continentes, sendo também frequente em Portugal, onde é utilizada como planta ornamental. Pertence à Classe: Liliopsida; Ordem: Asparagales; Família: Agavaceae; Género : Agave; Espécie: Agave americana.

sábado, 11 de outubro de 2008

Plantas ornamentais: A Sumaúma

(1)
(2)
(3)
(4)
Sumaúma é o nome vulgar dado em Portugal a esta árvore, com o nome científico de Chorisia speciosa St.-Hill., árvore que, no Brasil, donde é originária, é mais conhecida pela designação de Paineira-rosa, embora também se use a designação de Sumaúma. Esta designação, assim como a de "Paineira" derivam do nome das fibras que envolvem as sementes da planta e que as ajudam a dispersar, fibras que em Portugal são designadas por "sumaúma" e no Brasil também por "paina". Essas fibras são usadas no enchimento de travesseiros. A árvore, no entanto, em Portugal, é apenas utilizada como planta ornamental. Pertence à Classe: Magnoliopsida; Ordem: Malvales; Família: Malvaceae; Subfamília: Bombacoideae; Género: Chorisia.
Legenda das imagens:
Foto 1 - A árvore;
Foto 2 - Pormenor da flor;
Foto 3 - Pormenor da ramagem;
Foto 4 - Pormenor do tronco.
(As imagens podem ser ampliadas, clicando sobre elas)

Plantas suculentas: Agave-dragão

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)


Agave-dragão, Tromba-de-elefante e Pescoço-de-Cisne são alguns dos nomes vulgares atribuídos a esta planta com o nome científico de Agave attenuata Salm . Originária do México, esta planta suculenta é muito utilizada em Portugal como planta ornamental, em jardins públicos e particulares. Pertence à Classe das: Liliopsida; Ordem: Asparagales; Família: Agavaceae; Género: Agave.

Ervas aromáticas: Erva-cidreira

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)
Ramo de Erva-cidreira (nome científico: Melissa officinalis L.) planta também designada pelos nomes vulgares de citronela e melissa. Pertence à Classe: Magnoliopsida; Ordem: Lamiales; Família: Lamiaceae; Género: Melissa.Planta bastante vulgar em Portugal, o que não é de admirar, pois é nativa da Europa meridional.
É usada, sobretudo, em infusões. Alegadamente, tem propriedades calmantes.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Os frutos na época da colheita # 3

(1)

(2)

(3)

(4)

(5)


Legenda das imagens:

1) Maçãs var. Starking [ fruto da Macieira (Malus domestica Borkh.)]

2) Cacho de uvas [ fruto da Videira (Vitis vinifera L.)]

3) Azeitonas [ fruto da Oliveira (Olea europea L.)]

4) Lima [ fruto da Limeira ou Lima ( Citrus x aurantifolia )]

5) Vagens de Alfarroba [ fruto da Alfarrobeira (Ceratonia siliqua L.)]

(Para ampliar, clicar sobre as imagens)

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Plantas silvestres: Aroeira

(Pormenor de um ramo com frutos)
(A planta)

Aroeira ou Lentisco verdadeiro é nome dado a esta planta em Portugal, com o nome científico de Pistacia lentiscus L. Pertence à Classe das Magnoliopsida; Ordem: Sapindales; Família: Anacardiaceae; Género: Pistacia.
É um arbusto de folha persistente que cresce espontaneamente em toda a região mediterrânica e nas Ilhas Canárias, em terrenos secos e de matagal. É uma planta dióica. Os seus frutos são pequenos não tendo mais que 4 ou 5 mm de diâmetro e, pelo menos em Portugal, tanto quanto sei, não são utilizados para qualquer finalidade.
Desta planta extrai-se, no entanto, através de cortes no tronco, uma resina aromática denominada almácega que na época clássica era utilizada como goma de mascar, sendo ainda usada actualmente no fabrico de cosméticos e licores, em medicina dentária e em pastelaria e confeitaria.
A Aroeira também vem sendo utilizada como planta ornamental.
Como curiosidade, assinale-se que existe na freguesia da Charneca da Caparica, concelho de Almada, uma zona a que foi dado o nome desta planta, "Aroeira".

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Ervas aromáticas: O Orégão

(Para ampliar, clicar sobre a imagem)
O Orégão ou Orégano (Origanum vulgare L.) é uma erva aromática muito utilizada na cozinha mediterrânica, incluindo em Portugal, particularmente no Alentejo. Serve para aromatizar sopas, açordas, saladas (em especial a de tomate) queijo e requeijão, sendo também indispensável na confecção de caracóis. Pertence à Classe das Magnoliopsida; Ordem: Lamiales; Família: Lamiaceae; Género: Origanum.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Os frutos na época da colheita # 2

(1)


(2)


(3)

(4)


Nas imagens os frutos:
(1) - da Amendoeira, [Prunus dulcis (Mill.) D. A. Webb] com a amêndoa já parcialmente liberta do tegumento exterior;
(2) - da Nogueira (Juglans regia L.) com a noz em vias de se tornar fruto seco;
(3) - da Macieira (Malus domestica Borkh.) - maçã var. bravo- de- esmolfe;
(4 )- do Castanheiro (Castanea sativa Mill.) - ouriços, onde as castanhas aguardam ordem de soltura.
(Para ampliar, clicar sobre as imagens)