quinta-feira, 29 de março de 2018

Astragalus boeticus








.
Astragalus boeticus L.
Erva anual, com caule simples ou ramificado, erecto, ascendente ou prostrado que pode atingir até 60 cm; folhas pecioladas com 6 a 13 pares de folíolos; flores com corola esbranquiçada ou amarelada, agrupadas (2 a 15) em inflorescências em cacho.
Tipo biológico: terófito;
Família: Fabaceae;
Distribuição: Regiões Mediterrânica,  Irano-turaniana e Macaronésia (Madeira e Canárias).
Em Portugal Continental ocorre na Estremadura, Baixo Alentejo e Algarve.
Ecologia/habitat: terrenos relvados, pastagens e campos agrícolas, sobre todo o tipo de substrato, mas com preferência por solos arenosos, em locais próximos do litoral, a altitudes que não excedam 1000m.
Floração: de Fevereiro a Junho.
(Local e data: Costa da Caparica; 28 - Março - 2018)
(Clicando nas imagens, amplia)

Nova época de orquídeas silvestres (IX): Erva-vespa (Ophrys lutea)


 Erva-vespa (Ophrys lutea Cav.)
(Local e data: Serra da Arrábida; 21 - Março - 2018)
Clicando nas imagens, amplia)

quinta-feira, 22 de março de 2018

sexta-feira, 16 de março de 2018

quarta-feira, 7 de março de 2018

Pão-posto (Anacyclus radiatus)







 Pão-posto  ou Pimposto (Anacyclus radiatus Loisel.)
Erva anual, com 20 a 60 cm, mais ou menos densamente tomentosa, com caules erectos em geral ramificados; folhas multipenatissectas (2 ou 3 vezes) com segmentos aproximadamente lineares, mucronados; flores amarelas, liguladas as exteriores, dispostas numa ou em duas filas, tubulares as interiores, agrupadas em capítulos protegidos por brácteas involucrais tomentosas, as médias e interiores com uma extensão escariosa e franjada no ápice.
Tipo biológico: terófito;
Família: Asteraceae /Compositae;
Distribuição: Região Mediterrânica.
Em Portugal está presente, como espécie autóctone, em quase todo o território do Continente e como espécie introduzida, no arquipélago dos Açores.
Ecologia/habitat: considerada como planta ruderal, encontra-se em taludes e bermas de estradas e caminhos, em terrenos baldios ou em pousio, em depósitos de entulhos e noutros locais perturbados, com alguma preferência por solos arenosos.
Floração:de Março a Agosto.

segunda-feira, 5 de março de 2018

Erva-das-areias (Sagina apetala)





Erva-das-areias ou Sagina-das-areias (Sagina apetala Ard.)
Erva anual, de reduzidas dimensões (2 a 10 cm), geralmente ramificada a partir da base, com caules erectos ou ascendentes; folhas lineares, agudas,  aristadas ou mucronadas, ou seja, terminando em ponta fina mais ou menos comprida; flores solitárias, tetrâmeras, sem pétalas (donde o qualificativo específico "apetala") ou com pétalas rudimentares; fruto constituído por uma cápsula ovóide minúscula (1,5 - 2,3 mm).
Tipo biológico: terófito;
FamíliaCaryophyllaceae.
 Distribuição: Planta subcosmopolita, originária de grande parte Europa,  Norte de África, Sudoeste da Ásia e América do Norte, mas introduzida noutras partes do globo, incluindo na América do Sul. 
Em Portugal ocorre como espécie autóctone em todo o território do Continente e no arquipélago da Madeira e como espécie introduzida no arquipélago dos Açores.
Ecologia/habitat: campos agrícolas, muros, fendas de calçadas e outros locais  pisoteados, com preferência por solos arenosos algo húmidos.
Floração: de Janeiro a Agosto.
(Local e data: Sertã; 27 - Abril - 2017) 
(Clicando nas imagens, amplia)