segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Canas (Arundo donax)

(Aglomerado de plantas, antes da floração)

(Plantas na fase da floração)

Não existe unanimidade entre os autores sobre a origem desta planta da família Poaceae,  com a designação científica de Arundo donax L. [sin: Arundo phragmites L.; Arundo vulgaris Lam.; Phragmites communis Trin.; Phragmites vulgaris (Lam.) Druce]. Sabe-se, no entanto, que a planta já é conhecida e cultivada nalgumas regiões da Ásia e em toda  região mediterrânica (sul da Europa e norte da África) há milénios e que se encontra, actualmente, naturalizada nas zonas temperadas, tropicais e subtropicais de todos os continentes.
Esta planta que é conhecida, entre nós, pelos nomes vulgares de Canas; Cana; Cana-comum; Cana-de-rocaCaninha; Canavieira; Canamilha e Cana-do-reino é considerada em Portugal como planta exótica, com comportamento invasor, encontrando-se distribuída por todo o território do continente, com excepção das zonas de maior altitude, ocorrendo, sobretudo, ao longo de linhas de água, em zonas húmidas e em terrenos agrícolas  na proximidade da costa, terrenos onde é frequentemente utilizada para a formação de sebes que servem para delimitar os terrenos e ao mesmo tempo para proteger as culturas (geralmente hortícolas) dos ventos que sopram do oceano.
(Clicando nas imagens, amplia)

Sem comentários: