terça-feira, 9 de julho de 2013

Erva-contra-venenos (Vincetoxicum nigrum)






Erva-contra-veneno *(Vincetoxicum nigrum (L.) Moench **
Erva rizomatosa, perene, (tipo fisionómico: hemicriptófito) da família Apocynaceae, com caules ascendentes, pubescentes (com pêlos curtos e macios) e volúveis que podem alcançar mais de 2 m de comprimento; folhas opostas, inteiras, geralmente lanceoladas, mas vagamente cordiformes na base, também pubescentes, sobretudo na margem e ao longo das nervuras; flores com corola composta por lóbulos triangulares de cor castanha-arroxeada escura, tal como a coroa, dispostas (4 a 16) em cimeiras pedunculadas, axilares ou terminais.
Distribuição: Originária do Sudoeste europeu, mas entretanto introduzida noutras regiões do Globo, designadamente na América do Norte, onde ganhou o estatuto de planta invasora.
Ocorre também em Portugal, estando presente, segundo a Flora Ibérica, no Alto e Baixo Alentejo, Ribatejo, Beira Litoral, Minho e Trás-os-Montes, regiões a que há que acrescentar, pelo menos, as terras da Beira Alta onde fotografias supra foram obtidas.
Habitat: margens de rios e de outros cursos de água e sob coberto de bosques e matagais.  
Floração: de Abril a Agosto.
*Presumo que o nome comum mais não é do que a tradução para vernáculo da expressão "Vincetoxicum" que, à letra, se pode traduzir por "vence-veneno". Se  vence ou não, confesso que não sei. 
** Sinonímia; Asclepias nigra L (Basónimo); Cynanchum louiseae Kartesz & Gandhi.
(Local e data: Rio Côa, entre Valongo e Seixo do Côa (concelho do Sabugal); 27 . Junho . 2013) 
(Clicando nas imagens, amplia)

Lugar onde:
 (Rio Côa, fotografado da Ponte que liga Seixo do Côa a Valongo)


4 comentários:

lz augusto disse...

Tem como comprar essa erva no Brasil ?

Volto aqui para ler a resposta.

lz augusto disse...

Tem como comprar essa erva no Brasil ? E como é feito o preparo dela natural ?

Obrigado desde já.Volto aqui para ler sua resposta.

lz augusto disse...

Tem como comprar essa erva no Brasil ?

Volto aqui para ler a resposta.

felipe feldhaus disse...

Iz augusto, se tem como comprar não sei. Mas tem um "pé"dessa planta aqui em casa. As raízes são postas no alcool como se fosse em conserva, e ao ser picado por um animal peçonhento, coloca-se uma gaze encharcada com as propriedades ativas do alcool e da planta, como curativo. Não deve ser ingerida em grandes quantidades, a ingestão é de no máximo meia colher desse produto, já que é praticamente álcool puro.