sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Verbasco (Verbascum virgatum)

(1)

(2)

(3)

(4)

(5)

(6)
Verbasco *(Verbascum virgatum Stokes)
Erva bienal, (tipo fisionómico: hemicriptófito), glandulosa, pubescente, da família Scrophulariaceae, com caule (50 a 200 cm) erecto, frequentemente simples, por vezes escassamente ramificado; folhas alternas, de oblongo-lanceoladas a ovado-lanceoladas, dentadas ou crenadas; flores com corola de cor amarela dispostas (em grupos ou isoladas) em inflorescências racemosas que podem atingir mais de 1 m de altura
Distribuição: Espécie nativa da Europa Ocidental (Península Ibérica, França, Inglaterra e norte de Itália); introduzida e naturalizada em várias outras regiões e continentes.
Em Portugal continental distribui-se desde o Minho ao Algarve, de forma descontínua, não sendo, aparentemente, muito vulgar. 
Habitat: em pastagens, terrenos agrícolas abandonados, à beira de estradas e caminhos e em terrenos perturbados, húmidos.
Floração: de Maio a Setembro.
*Outros nomes comuns: Barbasco; Blatária-grande; Blatária-maior; Verbasco-das-varas.
[Locais e datas: Rapoula do Côa - Sabugal; 15 / 22 - Junho - 2012 (fotos 1, 2, 4, 5 e 6) ; Aldeia de S. Francisco - Covilhã; 7 - Junho - 2012 (foto 3)]

1 comentário:

sergiodraeta disse...

Muito bom !

http://www.asplantasmedicinais.com/