quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Açafrão-da-primavera (Crocus carpetanus)










Açafrão-da-primavera (Crocus carpetanus Boiss. & Reut.)
Erva perene, bulbosa (com bolbo solitário, ovóide ou esférico); com 2 a 4 folhas semi-cilíndricas; 1 a 2 flores campanuladas, com tépalas de cor lilás mais ou menos acentuado, com uma ou outra veia mais escura.
Apresenta evidentes semelhanças com as espécies congéneres que ocorrem em Portugal (C. clusii e C. serotinus) pelo que não se pode excluir inteiramente a hipótese de confusão entre as diversas espécies, embora também não se deva exagerar tal possibilidade, visto que a época de floração destas duas espécies não é, em geral, coincidente com a da floração do C. carpetanus (a daquelas decorre de Setembro a Dezembro, enquanto a do C. carpetanus  só tem início depois de Janeiro). Em todo o caso, para evitar dúvidas, o portal da SPBotânica (Flora.on) sugere que se atente na cor do estilete dos exemplares observados: C. carpetanus com estilete descolorido ou amarelo pálido; as restantes espécies com estilete "intensamente corado de amarelo ou laranja". 
Tipo biológico: geófito;
Família: Iridaceae;
Distribuição: Endemismo ibérico, ocorrendo principalmente no Centro, Oeste e Noroeste da Península Ibérica. Em Portugal distribui-se por boa parte do território do Continente (Alto e Baixo Alentejo, Beira Baixa, Beira Alta, Beira Litoral, Minho e Trás-os-Montes).
Ecologia/habitat: terrenos de matos e de pastagens de montanha, com frequência em solos pedregosos e por vezes em plataformas rochosas, a altitudes enttre 300 e 1900m.
Floração: de Fevereiro a Maio.
[Local e data: Figueira de Castelo Rodrigo (concelho); 8 - Fevereiro - 2016]
(Clicando nas imagens, amplia)

Sem comentários: