quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Luzerna-das-areias (Medicago marina)

(aspecto geral da planta)

(Inflorescência)

(Infrutescências)
Mais uma planta apreciadora das areias dunares: a Luzerna-da-praia, ou Luzerna-das-areias (Medicago marina L.). Planta da família Fabaceae, é considerada nativa da Região Mediterrânica, mas que ocorre com frequência nas areias da costa atlântica do território português do Continente.
Note-se que as folhas se apresentam cobertas de pêlos compridos esbranquiçados, tratando-se, ao que tudo indica, de uma adaptação que permite à planta sobreviver num ambiente hostil. De facto, os pêlos permitem-lhe, por um lado, reter alguma humidade existente no ar, o que não é de somenos importância para uma planta que não pode contar com muita humidade no solo dada a natureza deste e, por outro, contribuem para reflectir a excessiva luz solar, pois onde se desenvolve, a planta não pode, em regra, contar com a sombra propiciada por qualquer outra espécie de maior envergadura.
(Local: Costa da Caparica)
(Clicando nas imagens, amplia)

3 comentários:

Isa GT disse...

Claro que já a tenho visto mas, fica mais interessante por saber o nome e, sabendo como se chama... vou fazer um vistaço ;)))

Bjos

AVOGI disse...

bem, vim cá bater À porta dum boAnico quando procurava a tabaibeira no Google. ok gostei e já coloquei o blogue nos favoritos , sempre é bem saber para nao dizer disparates. ok pela ajuda sobre este cacto tao comum na minha terra e tao bom ao paladar kis:)

lis disse...

Encantada com o Botânico Aprendiz!
É o blog mais lindo que já vi, as flores ,plantas e frutos são belíssimos.Não lembro qual caminho me trouxe, mas estou horas por aqui admirando tanta coisa bela.
Parabéns pelo blog precioso.
com abraços