terça-feira, 24 de abril de 2018

Morrião-dos-campos (Anagallis arvensis)







Morrião-dos-campos * (Anagallis arvensis L.)
Erva anual da família Primulaceae, com caules prostrados ou procumbentes que, em terrenos férteis, podem atingir até cerca de 40 cm de comprimento; folhas ovaladas, dum verde brilhante, inteiras, sésseis e opostas; flores com cinco pétalas de cor azul, alaranjada ou vermelha.
É um planta subcosmopolita, ruderal e arvense, indiferente à composição do solo e que se adapta a diversos ambientes: locais húmidos ou nem tanto; terrenos cultivados e incultos; bermas de estradas e caminhos. Em Portugal, distribui-se por todo o território do Continente, bem como pelo arquipélago da Madeira e, como planta introduzida, encontra-se também no arquipélago dos Açores. 
Floração: de Fevereiro a Outubro
*Outros nomes comuns: Morrião; Erva-do-garrotilho.
(Local e data: Almada; Abril - 2018)
(Clicando nas imagens, amplia)

sábado, 21 de abril de 2018

Nova época de orquídeas silvestres (XIX): Serapião-de-língua-pequena (Serapias parviflora)





Serapião-de-língua-pequena (Serapias parviflora Parl.)
(Local e data: Parque da Paz - Almada; 19 - Abril - 2018)

Plantas ornamentais: Rafiolépis (Rhaphiolepis umbellata)

(1)

(2)

(3)

(4)

(5)
Rafiolépis [Rhaphiolepis umbellata (Thunb.) Makino]
Arbusto perenifólio arredondado que pode atingir até cerca de 2m de altura, com folhas coriáceas; flores com pétalas brancas; frutos com cerca de 1 cm de diâmetro pintados de azul escuro na maturação.
Tipo biológico: Fanerófito;
Família: Rosaceae;
Distribuição: planta originária da Ásia (China; Coreia; Japão) introduzida para fins ornamentais em numerosos países. Em Portugal é usada com alguma frequência com idêntica finalidade em parques e jardins.
Floração (em Portugal): de Março a Maio. 
[Plantas fotografadas no Parque da Paz em Almada, em 30 - Novembro 2017 (fotos 3 e 4) e em 20 - Abril - 2018 (fotos restantes]
(Clicando nas imagens, amplia)

terça-feira, 17 de abril de 2018

Brassica tournefortii













Brassica tournefortii Gouan
Planta anual, algo híspida, com raiz aprumada; caule com 30 a 100cm de altura; folhas inferiores profundamente divididas (penatissectas), (com 3 a 10 segmentos laterais e um outro terminal) dispostas em roseta mais ou menos densa; folhas caulinares, raras; flores com pétalas tingidas de amarelo pálido, agrupadas (10 a 35) em inflorescências em cacho; frutos (síliqua) com 6 a 12 sementes em cada lóculo e sem ou com sementes (até 2) no rostro.
Tipo biológico: terófito;
Família: Brassicaceae / Cruciferae;
Distribuição; nativa do Sul da Europa e do Oeste da Ásia, mas naturalizada em várias outras partes do globo.
Em Portugal ocorre apenas no território do Continente, onde também não parece ser muito comum. Em todo o caso há registo de ocorrências da espécie, na Estremadura e na Beira Litoral.
Ecologia/habitat: terrenos arenosos no litoral ou próximos do litoral, a altitudes até 400m.
Floração: de Janeiro a Março.
(Local e datas: Costa da Caparica - Almada; 29 - Janeiro / 20 - Março - 2018)